[Segunda-Feira] Desafabo... Apenas uma noite

       Apenas um noite.
       Era apenas um sábado.
       Um que muitos morrem e nascem, em que pessoas saem de suas cavernas para ver a noite,para muitos só uma noite qualquer,para mim uma poética noite de sábado.
       Cheguei no local e a minha energia e a do local sintonizou automaticamente,senti-me feliz e energizada.Apreciativa.
       O meu amigo começou a tocar,e todo o local estava em uma completa integração,porém minha energia naquela noite estava sintonizada especificamente com uma pessoa,essa pessoa,esse rapaz,tinha uma altura média,cabelos pretos,olhos negros,pele calcaziana, um sorriso cativante,um piercing na boca que se alinhava com o sorriso dele.
       Como em brindes de casamento,entrelaçamos nossos braços. Ele deu-me catuaba e eu o dei cigarro,começamos a dançar ao som de uma música acústica e encantadora,  fomos nos aproximando.        Seu  sorriso  parecia um imã. Fomos para perto como uma ação inconsciente e nossos labios se entrelaçaram,e foi como se tivéssemos a mesma energia quando o beijo acabou, nós rimos me chamando para beber em seguida,a gente e nosso amigo.
      Embriagados eu e ele quase transamos,e eu apos entrei em panico,ao lembrar de um termino no dia anterior,fui consolada e abrigada, ele me dizia que gostavas de quem eu era e que talvez um dia me amasse,eu dizia que seria só uma noite,ele questinona. Transamos,ele sentia-me e eu o sentia,a energia estava fluindo.
       No fim da noite nos beijamos,de uma maneira inexplicavel,pela intensidade. Tive medo de que jamais sentiria aquela intensidade de forma tão clara, ao amanhecer tudo acabara,a loucura e a liberdade teriam fim,então aproveitei cada milésimo de segundo com ele,com o destemido.
[Segunda-Feira] Desafabo... Apenas uma noite [Segunda-Feira] Desafabo... Apenas uma noite Reviewed by The TakeUm on outubro 11, 2016 Rating: 5
Tecnologia do Blogger.